O Programa Escolhas associou-se a um novo projecto na área da dança que pretende a captação de novos talentos, com via profissionalizante.

13-01-2012

Trata-se do projecto “Da Rua Para o Palco”, um projecto de Marco de Camillis que, para além do apoio do Programa Escolhas, contará com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e da Fundação EDP.

Marco De Camillis, ex-bailarino profissional, coreógrafo e professor de dança, tem vido a constatar, ao longo de 15 anos de residência em Portugal, as poucas oportunidades que os jovens provenientes de contextos socioeconómicos mais vulneráveis, têm no território da dança.

Deste modo, pretende-se desenvolver um programa educativo de inclusão social, com via profissionalizante, através da dança, para jovens com idades compreendidas entre os 16 e os 25 anos. Neste programa educativo, serão trabalhadas as “Danças de Rua”, já que este é um estilo que está muito enraizado no dia-a-dia dos nossos jovens.

O final deste programa educativo culmina com a participação dos(as) melhores jovens bailarinos(as) num espetáculo musical criado e coreografado por Marco De Camillis. Será apresentado numa sala de espetáculos em local a definir e aberto ao público.

Aos jovens que mais se destacarem neste musical, será dada a possibilidade de enveredarem por uma carreira artística, já que vão ter a oportunidade de se juntarem ao grupo de bailarinos profissionais do coreógrafo Marco De Camillis.

Para se candidatarem ao projeto “Da Rua Para o Palco” os jovens dos projectos do Programa Escolhas têm que :

1 - Ter Idades compreendidas entre os 16 e os 25 anos;

2 - Possuir conhecimentos de um, ou mais, dos estilos de dança abaixo indicados:

- Street dance 

- Hip hop e todas as variações (breaking, locking, popping, krump, house dance, etc)

- Funk

- Dança moderna

- Ritmos africanos

- Ritmos brasileiros

- Ritmos latinos

- Dança clássica

- Outras;

3 - Ter já realizado algumas atuações e participações em espetáculos amadores;

4 - Possuir algumas noções básicas de coreografia;

5 - Deter vontade de seguir uma carreira profissional na área da dança.

Trata-se, pois, de um projecto para quem já detêm um standard mínimo de experiência, talento e motivação.

A metodologia de trabalho assentará em 3 fases.

a)      Primeira fase:

- Vão ser feitos 10 workshops em territórios situados na zona de Lisboa. Durante 10 semanas, o coreógrafo Marco De Camillis visita os 10 locais selecionados pelo Programa Escolhas. Previamente, os jovens serão informados acerca deste acontecimento e os projectos mobilizarão os jovens para o workshop mais próximo da sua área de intervenção. Os workshops decorrerão nos seguintes locais, dias e horas:

Dia 6 de fevereiro – Amadora – 19:00 horas

Dia 13 de fevereiro – Sintra – 19:00 horas

Dia 20 de fevereiro – Almada – 19:00 horas

Dia 27 de fevereiro – Setúbal – 19:00 horas

Dia 5 de março – Loures – 19:00 horas

Dia 12 de março – Lisboa – 19:00 horas

Dia 19 de março – Moita – 19:00 horas

Dia 26 de março – Amadora – 19:00 horas

Dia 2 de abril – Seixal – 19:00 horas

Dia 9 de abril – Oeiras – 19:00 horas

Os locais exatos dos workshops serão posteriormente confirmados.

Em cada workshop, o coreógrafo e professor dará formação de forma a conhecer e validar as competências de cada jovem.

No final de cada workshop, será entregue um CD com uma música. Esta terá de ser coreografada pelos grupos. No caso de serem grupos já existentes os mesmos deverão ensaiar o tema. No caso de serem bailarinos(as) individuais, deverão criar um grupo nesse dia e combinar os ensaios entre si, com o apoio dos projectos envolvidos. O guarda roupa e adereços serão da responsabilidade dos jovens e projectos. Estes dois aspetos determinarão a capacidade criativa de cada grupo e a sua posterior seleção.

As inscrições prévias para os workshops são obrigatórias e devem ser feitas até ao dia 31 de janeiro, pelas 18 horas, para o email: luisac@programaescolhas.pt com indicação do número de jovens que pretendem levar e qual o local do workshop que pretendem frequentar.

b)      Segunda fase:

Numa segunda fase, e cerca de duas semanas após os workshops, o coreógrafo e professor voltará a reunir-se com os grupos e fará um casting. Esta segunda fase decorrerá nos seguintes locais, datas e horas:

21 de fevereiro – Amadora – 19:00 horas

28 de fevereiro – Sintra – 19:00 horas

6 de março – Almada – 19:00 horas

13 de março – Setúbal – 19:00 horas

20 de março - Loures – 19:00 horas

27 de março – Lisboa – 19:00 horas

3 de abril – Moita – 19:00 horas

10 de abril – Amadora – 19:00 horas

17 de abril – Seixal – 19:00 horas

24 de abril – Oeiras – 19:00 horas

De cada local vão sair de 1 a 5 elementos para o espetáculo final. Estes vão fazer parte do espetáculo musical que poderá ter cerca de 30 participantes.

c)       Terceira Fase:

Os ensaios para o musical começarão no início de Maio e decorrerão até ao final desse mês, sempre em horário pós-laboral. A apresentação do espetáculo musical prevê-se para o dia 1 de Julho (a confirmar).

 

Comentários

    Ainda não há comentários. Insere o teu comentário