Pensamento positivo a sul, no segundo dia do Portas Abertas!

28-11-2007

No segundo dia do Escolhas Portas Abertas (EPA), o Coordenador Nacional do Programa Escolhas (PE), Rui Marques, marcou presença na Zona Sul.
Pela manhã visitou o Projecto Tu Kontas, localizado no Montijo, onde pode apreciar o que este projecto tem feito através de uma actividade denominada "Tu Kontas na Praça" uma exposição patente na Praça da República, durante os dias 27 e 28, que dá a conhecer o trabalho que este projecto tem vindo a desenvolver.

A inauguração da exposição aconteceu com a presença da Presidente da Câmara do Montijo, Maria Amélia Antunes, que ressaltou a importância deste projecto no ano de 2007 e salientou que este será ainda mais importante em 2008, "Ano Europeu do Diálogo Intercultural". Para a Presidente, a aprovação do Projecto Tu Kontas pelo Programa Escolhas foi muito importante para o concelho do Montijo porque permitiu a continuação de um trabalho com jovens, crianças, famílias e imigrantes, que visa, sobretudo, a inclusão social. Deste modo, enfatizou, "contribuímos para um Montijo mais justo, mais solidário e inclusivo".

Para o Coordenador Nacional do PE, a missão e ambição deste Programa é "termos um Portugal mais justo e com lugar para todos. Para isso, continuou, "temos que dar condições iguais para todos os jovens. Por isso o trabalho que o Escolhas desenvolve é muito importante".

Rui Marques fez ainda uma analogia com a Ponte Vasco da Gama, que liga Lisboa ao Montijo, dizendo que, "precisamos de uma sociedade que faça pontes, faça unir, como a ponte que temos aqui".

Após o discurso de abertura, as actividades do "Tu Kontas na Praça" tiveram início com a apresentação da "Dança do Dragão", um pequeno espectáculo de dança realizado por destinatários pertencentes a uma instituição parceira deste projecto, o Externato Espaço Verde. Posteriormente, houve a exibição de uma oficina de dança, também realizada por destinatários deste projecto e, por fim, apresentou-se o espectáculo "Meninos de Todas as Cores", encenado por crianças do Centro Social Padre Manuel Gonçalves.

Ainda durante esta manhã, Rui Marques compareceu no Projecto Educ@rte, no Vale da Amoreira, onde, na Biblioteca, visitou uma exposição de fotografias. Esta exposição resultou de um concurso de fotografia sobre a tolerância/intolerância em que participaram cerca de 14 jovens da EB2/3 do Vale da Amoreira. Os temas foram definidos pelos jovens (tolerância racial, no desporto, ambiental, etc) e maior parte das fotos foram encenadas pelos próprios jovens. Também compareceram à inauguração desta exposição os vereadores Luís Nascimento, Vivina Nunes e a Presidente da Associação VitaCaminho, Pilar Presumido.

O Deputado Luís Carloto Marques acompanhou, também, as visitas aos projectos Tu Kontas e Educ@rte.

A tarde, o Director do Programa Escolhas, Pedro Calado, e a Coordenadora da Zona Sul e Ilhas, Luísa Cruz, visitaram os Projectos Centro Lúdio-Pedagógico das Manteigadas, Agora Sim! e Abrindo as Portas, todos localizados em Setúbal.

Pelas 18h00, na EB 2,3 Luísa Todi, também Setúbal, foi a vez do Coordenador Nacional do PE estar presente no Projecto Opção Escola II, onde abriu um Fórum que contou com vários painéis, nomeadamente: Estratégia Nacional de Promoção do Sucesso; Sentimentos de Pertença à escola; O Papel do Conselho Pedagógico; O Papel dos Parceiros da Escola; A Matemática e o Sucesso escolar e social; A utilização das TIC como estratégia de promoção do Sucesso; Os pais e a Escola, etc…

Na abertura deste Fórum, o Coordenador da Área Educativa, Carlos Sousa, salientou a importância do trabalho do Escolhas dentro da escola e elogiou a motivação da comunidade educativa que se fez ali presente. A deputada Marisa Costa também esteve presente e afirmou que, "também é uma das competências da Assembleia da República acompanhar estes projectos no terreno". Já a Presidente da Câmara de Setúbal, Maria das Dores Meira, referiu o Projecto Opção Escola II dizendo que, "este não só é oportuno como também indispensável". Para a Presidente, "a capacidade de ser competitivo e produtivo é, nos dias de hoje, fundamental. Por isso é preciso refundar a noção de escola para garantir o papel da mesma no sucesso pessoal e social de cada aluno". Depois, foi a vez do Coordenador Nacional do PE intervir dizendo que, "inteligência colectiva e conectiva, só assim conseguiremos o sucesso". Para Rui Marques, a vida exige trabalho e a escola não pode ter dúvida que o único caminho para o sucesso é o trabalho. "Vivemos tempos de incertezas e os alunos têm que aprender a enfrentar essas incertezas sem angústias, ou seja, têm que aprender a navegar com autonomia", salientou. Lembrou também que vivemos um período de diversidade e que o povo português não pode perder a capacidade que sempre teve de lidar tão bem com essa diversidade. Por isso, "a escola também tem que ser capaz de integrar a diversidade". Por fim citou o ranking do índice de desenvolvimento humano e disse que Portugal está em 29º lugar, ou seja, à frente de outros 70 países. "Temos que ter um olhar positivo. O desenvolvimento humano não é instantâneo", continuou. "Mas nós somos capazes", finalizou.

A partir das 19h30 foi a vez do Projecto Tutores de Bairro, no Seixal, receber a visita do Programa Escolhas. Rui Marques, que teve o prazer de presenciar um workshop sobre "Batuques e Batuqueiras", dinamizado batuqueiras do bairro e os participantes foram 12 alunos da escola EB1 da Quinta da Princesa (entre os 6 e os 10 anos) e algumas senhoras. O dia terminou em grande, com um jantar à base de Cachupa, oferecido pelos participantes deste projecto. Vale salientar que estiveram presentes a este evento a Presidente da Junta de Amora, Odete Gonçalves, e a Vereadora Corália, da Câmara Municipal do Seixal.

Entre as muitas actividades que decorreram durante o segundo dia EPA, destacamos ainda, também na zona Sul, algumas actividades visitadas pela Deputada Jovita Ladeira, tais como a festa promovida pelo Projecto Cria (Faro) no Jardim da Alameda, onde 250 alunos das escolas EB1 S. Luís e Bom João, professores e familiares puderam participar num animado ateliê de hip hop, ver a exposição de divulgação do projecto ou assistir ao grupo de danças ciganas Las Niñas. O sol, a música e a animação marcaram a esta manhã.

Em S. Brás de Alportel festejou-se um ano de @ventura num encontro na Biblioteca Municipal, que reuniu alunos do 1º e 3º ciclo, vários convidados e responsáveis das instituições que integram o consórcio, como a Vereadora da Acção Social, Judite Neves. Os @ventureiros e seus convidados celebraram a data contando contos, visionando um filme sobre as actividades do projecto e partilhando um grande bolo de aniversário.

Na Zona Centro, decorreu, no âmbito do Projecto Poder (Es)colher, localizado em Vila Franca de Xira, uma exposição dos trabalhos realizados pelas crianças e jovens destinatários, que ficará aberta à comunidade até ao fim da semana.

"Esta é uma iniciativa muito importante porque podemos melhor divulgar o projecto para a comunidade, de modo a angariar o apoio de outras instituições para o trabalho social que aqui se realiza. Ficamos um pouco fechados com os problemas que temos de resolver no dia-a-dia, e assim temos uma oportunidade para mostrar o que é feito", assinala Maria João Silva, psicóloga do projecto.

"É importante salientar que foram os próprios destinatários e membros da comunidade que dinamizaram e propuseram algumas das actividades pensadas para esta semana, como por exemplo o atelier de artes florais", continua Maria João.

Concomitante à exposição, pode-se assistir a um vídeo de divulgação do projecto, com imagens das principais actividades realizadas ao longo dos anos de intervenção.

Mais a norte, em Ansião, o Projecto Novos Rumos II promoveu uma sessão de CID para os moradores mais antigos da localidade. Vieram do Centro de Dia Paroquial para a 3ª Idade de Santiago da Guarda, conheceram as instalações do projecto e algumas das funções básicas do computador. Ainda houve tempo para pesquisas na Internet. "No nosso tempo não havia nada disto", lembrou um dos participantes.

"As pessoas em geral da comunidade conhecem as actividades que realizamos mais não o projecto, pelo que é importante dizer quem somos, o que é projecto", enfatizou Isabel Santos, coordenadora do Novos Rumos II.

Já na Marinha Grande, está patente até sexta-feira uma exposição de trabalhos dos destinatários do Projecto Escola com Escolhas, cujo tema é: "Os Direitos da Criança".

O dia encerrou ao som do Rap, com uma apresentação dos jovens Rui Gonçalves e Tiago Inácio para os demais alunos da Escola Secundária Eng. Acácio Calazans.

"A partir desta iniciativa, podemos abrir a escola à comunidade, dar uma visibilidade diferente ao projecto e ao trabalho que dinamizamos", concluiu a coordenadora do Escola com Escolhas, Susana Jacinto.

Comentários

    Ainda não há comentários. Insere o teu comentário