Sucesso Educativo no Bairro do Alto da Cova da Moura

05-08-2008

Foi com grande entusiasmo e contentamento que recebemos os resultados escolares do final do ano lectivo corrente das crianças que frequentam o Apoio Escolar do Projecto "Nu Kre Bai Na Bu Onda", na Associação de Solidariedade Social do Alto Cova da Moura.


Destinatários do projecto

Mais de 90% de sucesso escolar foi o resultado atingido, graças ao muito esforço e dedicação diária investidos pelas técnicas e educadoras de infância da Associação. Muitas são as metodologias pedagógicas aplicadas durante o ano para estimular e reforçar a motivação pela Escola e para aprender.

Estão inscritos no Apoio Escolar 60 crianças do Bairro do Alto da Cova da Moura, dos 6 aos 12 anos.

As portas desta Associação abrem-se todos os dias da semana para as crianças a partir das 7h30. Às 9h00, as crianças são levadas à Escola EB1/JI Cova da Moura que fica em frente pelas educadoras e depois pelas 15h00 vai-se buscar de novo as mesmas crianças para virem para as salas do Apoio Escolar. As salas são amplas e dispõe de todos os equipamentos e material escolar necessário. Estão divididas por áreas, a área de estudo, a área de leitura, a área da música, a área da ciência, a área da expressão plástica e a área da brincadeira e têm trabalhos realizados e quadros espalhados por todas as paredes com a identificação das tarefas necessárias a realizar, com as regras a cumprir em sala de aula, grelhas de comportamento e nomeação dos chefes de sala por cada dia.

Até às 20h00, as crianças para além do apoio na realização dos trabalhos escolares e de fichas de apoio, são acompanhadas por um Programa de Competências Básicas (pessoais e sociais) e por Jogos Lúdicos. O modelo aplicado rege-se pelo Modelo da Escola Moderna. Recebem, igualmente, formação de iniciação de informática, em computadores próprios, que as salas dispõem.

Todos os dias são dados lanches a meio da tarde. Depois do lanche costumam ir brincar para o parque infantil "Nu Kre Brinca" (que foi apoiado pela Fundação Montepio Geral), onde têm baloiços e espaço para fazerem todas as suas brincadeiras. E, no final do dia, praticam actividades desportivas e culturais, como capoeira, patinagem e danças africanas, actividades que vão ao encontro dos interesses delas.

Para além destas actividades diárias, a partir da candidatura ao Programa Escolhas, foi possível realizar-se visitas culturais, como ao Badoca Park (no ano passado), Oceanário e cinema no Natal, e ainda campos de férias.

Este ano foram a um Campo de Férias em Évora, onde passaram três dias muito divertidos, que incluía além de banhos na piscina, passeio de cavalo e visitas pela cidade, aos monumentos Capela dos Ossos e Templo de Diana.

A realização do Campo de Férias tem como objectivo premiar o sucesso escolar obtido ao longo do ano, como recompensa.

Faz-se também um trabalho conjunto com os encarregados de educação, a partir de um Programa de Mediação Familiar e Escolar, realizam-se reuniões colectivas e individuais com os pais, dá-se apoio psico-social num Gabinete quando necessário, trabalho de sensibilização e Formação Parental. Este resultado também só foi possível graças à relação de parceria e de proximidade geográfica com a Escola, com a qual estabelecemos contacto directo e diário e discussão de casos.

Quanto ao trabalho de equipa existe uma relação coesa e de inter-comunicação muito próxima e presente. Realizam-se semanalmente reuniões técnicas para se discutir casos, estratégias e formas de funcionamento e de intervenção e para se preparar as actividades. Julgamos que só mediante este sistema de trabalho é possível conseguir obter-se bons resultados, ou seja, mediante uma coordenação e organização cooperante e activa, com base numa estratégia relacional.

A Equipa do projecto

Comentários

    Ainda não há comentários. Insere o teu comentário