“Gestão e Mediação de Conflitos em contexto escolar”

15-04-2009

No passado dia 19 de Fevereiro, realizou-se pelas 19h, na EB1 Quinta da Princesa, uma acção de sensibilização parental, cujo tema foi: "Gestão e Mediação de Conflitos em contexto escolar".



O crescente número de notícias e casos que têm vindo a público sobre violência escolar, é um facto que deve levar todos os agentes educativos a olhar para o fenómeno com alguma preocupação e atenção.

Face a este cenário, a equipa de Tutores de Bairro" promoveu uma acção de sensibilização parental dirigida aos encarregados de educação e professores com o objectivo de informar e estimular reflexão à volta deste assunto.

A acção de sensibilização foi dinamizada por Pedro Martins, responsável pelo Instituto de Mediação e Arbitragem de Portugal. (IMAP),

O principal objectivo desta acção de sensibilização foi esclarecer os presentes sobre a importância de não ignorar condutas de cariz conflituoso nas crianças, procurando desenvolver estratégias pacíficas de mediação e resolução.

Pedro Martins deu algumas dicas aos pais sobre alguns comportamentos que estes deveriam adoptar quando se depararem e/ou observarem conflitos entre crianças, e consequentemente, algumas metodologias de gestão e resolução de conflitos entre pares, sobretudo as centradas nas próprias crianças.

Uma das estratégias que se pode utilizar por exemplo é chamar uma criança mais velha a gerir e tentar a solucionar um conflito entre outras duas, fomentando e centralizando nelas próprias auto-consciência, co-responsabilizando-as para a necessidade auto-gestão dos seus desentendimentos sem recurso ao confronto verbal ou físico.


Esta acção teve a duração de cerca de 2h e 30m e contou com participações muito produtivas durante a sessão, facto que nos leva a pensar que o principal objectivo foi alcançado isto é, procurar envolver de uma forma mais activa e participativa os encarregados de educação na vida dos seus educandos.

A Equipa do Projecto Tutores de Bairro

Comentários

    Ainda não há comentários. Insere o teu comentário