Mais uma sessão na margem sul

06-05-2009

No dia 4 de Maio a sessão da campanha contra a violência: "A Violência é um ciclo. Tu podes pará-lo", realizou-se na Escola número 5 de Amora, na Quinta da Princesa, no Seixal.


Sessão na escola nº5 de Amora, no Seixal

Nesta oitava sessão estiveram presentes, José Reis (Campeão de Kick-Boxing) e "Carlão" e "Praga" (Músicos dos Nígga Poison). Estas personalidades abordaram com os participantes dos projectos Escolhas "Agir" (Feijó) e "Tutores de Bairro" (Seixal) diversas questões relacionadas com o tema da violência.


"Praga" e José Reis

A importância de estudar e adquirir novos conhecimentos e competências foi um tema também discutido nesta sessão, como forma de prevenção de situações de violência. Vanessa Sousa, moderadora da sessão, perguntou às personalidades presentes "por que resolveram estudar?", José Reis respondeu: "Eu resolvi estudar para mostra às pessoas que não acreditavam em mim, que conseguiria ser alguém na vida". Para "Carlão", "nós todos temos a capacidade de fazer algo. Cabe-nos, a nós, descobrir esta capacidade e descobrir o que queremos fazer da nossa vida".


"Carlão"

O músico "Praga" contou que os Nígga Poison passaram por muita coisa antes de chegarem aonde chegaram. "E tenho a certeza de que ainda iremos passar por muito mais", completou. "Mas não é por isso que vamos desistir", continuou. "Carlão" ainda disse que, "depois de tantas situações de violência pelas quais já passei, cheguei à conclusão que a violência não vale a pena e que devemos manter a cabeça fria".

Questionado por Vanessa Sousa se "é fácil mantermos a cabeça fria", José Reis respondeu: "Não. Mas temos que ter a noção de que quando uma situação de violência começa, nunca sabemos aonde ela vai parar. Ela sempre caminha num sentido crescente que nos faz pensar que se não mantivermos a cabeça fria, a violência será cada vez pior. Por isso é preciso termos confiança em nós próprios e não ligarmos ao que os outros dizem", concluiu.


Vanessa Sousa conversa com um dos jovens

No fim, as personalidades presentes deixaram mensagens aos participantes:

"Muita calma nessa hora!", disse "Carlão" em tom de brincadeira. "Temos que ser mais pacientes e compreensíveis para contribuirmos para parar o ciclo da violência", completou. "Ocupem mais o vosso tempo em actividades mais produtivas, que vocês gostem de fazer, porque a violência não está com nada!", concluiu. "Aproveitem a vida ao máximo!", acrescentou "Praga". "Tenham orgulho em vocês. Queiram ser respeitados porque vocês são bons!", enfatizou José Reis.

Comentários

    Ainda não há comentários. Insere o teu comentário